Nutri Bird A19 - Papa Alimentação à Mão

Descrição do produto Nutri Bird A 19 é um alimento completo e equilibrado para a criação à mão de araras, papagaios cinzentos, papagaios eclectus, deroptyus accipitrinus e outras aves-bebé com altas necessidades energéticas. Modo de uso A papa para a criação à mão Nutri Bird A 19 prepara-se adicionando água quente. As proporções de mistura dependem da idade das crias e têm que ser respeitadas com rigor. Use a tabela seguinte para preparar a papa de criação à mão. Nas primeiras preparações aconselha-se que meça com precisão as quantidades. 1. Num recipiente limpo, misture as quantidades de volume de papa de criação à mão Nutri Bird A 19 e a água quente aconselhadas na tabela. Como a água da rede pública pode conter bactérias prejudiciais, aconselha-se ferver previamente a água ou usar água mineral engarrafada. 2. Mexer fortemente a mistura. Depois deixar repousar 1 minuto. Quando a preparação é correctamente feita, obtém-se uma papa. 3. Deixe a papa obtida arrefecer até 39°C. Antes de dar a papa, esta tem que ser de novo fortemente mexida, isto para evitar que a água e o alimento se separem. Atenção: para cada refeição terá que fazer uma nova mistura! Por isso, o melhor é preparar a papa em pequenas quantidades. Idade Volume Nutri Bird A 19 Água Eclosão – dia 2 1 parte 6 partes Dia 2 - dia 3 1 parte 5 partes Dia 3 - dia 4 1 parte 4 partes Dia 4 - dia 5 1 parte 3 partes Dia 5 - desmame 1 parte 2 até 2,5 partes Valores nutricionais indicativos Proteína bruta 19 % Gorduras brutas 12 % Cinza bruta 6 % Celulose bruta 3 % Cálcio 0,9 % Fósforo 0,6 % Metionina 0,45 % Sódio 0,2 % Magnésio 0,17 % Vitamina A 12.000 UI/kg Vitamina D3 1.500 UI/kg Vitamina E 80 mg/kg Vitamina K 3 mg/kg Vitamina B1 4 mg/kg Vitamina B2 16 mg/kg Vitamina B3 16 mg/kg Vitamina B6 6 mg/kg Vitamina B12 20 µg/kg Vitamina C 60 mg/kg Vitamina PP 80 mg/kg Acido fólico 1,5 mg/kg Biotina 200 µg/kg Colina 1.000 mg/kg Lisina 0,93 % Triónima 0,68 % Triptofano 0,17 % Ferro 40 mg/kg Cobre 10 mg/kg Manganés 100 mg/kg Zinco 80 mg/kg

BREEDMAX

Descrição do produto

Breedmax® é um suplemento alimentar para pássaros resultando da cooperação de um amante de pássaros e de um especialista em alimentos veterinários.
Breedmax® assegura um estado saudável e boa fertilidade em pássaros adultos.
Breedmax® também permite um crescimento e saúde óptimos em pássaros jovens.
A composição cientificamente equilibrada fornece as quantidades certas de proteínas,hidratos de carbono, gorduras e minerais de acordo com as necessidades dos pássaros.
Os minerais e oligoelementos necessários cálcio, fósforo, magnésio, cobre, cobalto, manganésio,...) estão presentes em quantidades suficientes.
Um composto de cálcio de fácil absorção e a quantidade correcta de cálcio/fósforo são importantes na prevenção da colagem de ovos.
O conteúdo vitamínico fornece as necessidades diárias dos pássaros.
Foram adicionados suplementos das vitaminas das vitaminas mais importantes para pássaros (Vitamina A, E, B3 e PP).
Esta composição garante a saúde e fertilidade dos pássaros.

** Nutrientes ** ________________________________________________________________ (% )
Proteína bruta _____________________________________________________________ 25,7
Matéria gorda _____________________________________________________________ 8,80
Celulose bruta _____________________________________________________________2,40
Cálcio ___________________________________________________________________ 1,88
Potássio _________________________________________________________________ 0,79
Magnésio ________________________________________________________________ 0,12
Sódio ___________________________________________________________________ 0,12
Cloro ____________________________________________________________________0,40

** Aminoácidos ** _____________________________________________________________ ( g/Kg)
Alanina __________________________________________________________________ 5,10
Arginina _________________________________________________________________ 15,9
Carnitina ________________________________________________________________ 0,07
Colina (B4) _____________________________________________________________ 15,731
Cisteína __________________________________________________________________ 4
Fenilalanina _______________________________________________________________ 6,7
Ácido fólico (Bc)___________________________________________________________ 37
Istidina __________________________________________________________________ 6,5
Isoleucina ________________________________________________________________ 5,9
Leucina _________________________________________________________________ 10,7
Prolina ___________________________________________________________________ 5,1
Serina ___________________________________________________________________ 5,6
Treonina_________________________________________________________________ 11,7
Triptofano ________________________________________________________________ 3,2
Tirosina __________________________________________________________________ 5,9
Lisina ___________________________________________________________________ 16,6
Metionina _________________________________________________________________ 6,6
Metionina + Cisteina ________________________________________________________ 10,5
Valina ___________________________________________________________________ 13,9

** Oligoelementos ** __________________ ________________________________________ (mg/kg)
Iodo______________________________________________________________________ 114
Cobalto ___________________________________________________________________ 20
Cobre____________________________________________________________________ 463
Manganésio _______________________________________________________________ 349
Selénio ___________________________________________________________________ 3
Ferro ____________________________________________________________________ 308
Zinco ____________________________________________________________________ 347

** Vitaminas ** _______________________________________________________________ (mg/Kg)
Vitamina A _________________________________________________________ 296 000 UI/IU
Vitamina B1 _________________________________________________________________ 93
Vitamina B2 ________________________________________________________________ 183
Vitamina B3 ________________________________________________________________ 434
Vitamina B6 ________________________________________________________________ 94
Vitamina B12 ______________________________________________________________0,947
Vitamina C ________________________________________________________________1 424
Vitamina D3 _________________________________________________________ 22 000 UI/IU
Vitamina E _______________________________________________________________ 1 406
Vitamina K _________________________________________________________________ 44
Vitamina PP/B5 ______________________________________________________________ 49
Biotina___________________________________________________________________ 4,665


*Ácido linoleico _________________________________________________________________ 29
* Lactose ______________________________________________________________________ 55
* Fructo-oligosacárido____________________________________________________________ +++
* Nucleótido ____________________________________________________________________+++

 

 

Bio-Sac WS

 

BIO-SAC é dos produtos mais importantes e mais imprescindíveis para as aves. As aves, à custa do uso sistemático de antibióticos e de sulfonamidas, e de serem submetidas a constantes situações de forte stress, estão, com muita frequência, com a flora intestinal alterada, destruída ou depauperada. O BIOSAC
repõe essa a flora intestinal e promove o seu desenvolvimento. A flora intestinal é o conjunto de microorganismos (bactérias) que povoam o tubo digestivo e tem grande importância em todos os seres vivos, pois, além de outras funções importantes, dela depende a digestão dos alimentos, a síntese de vitaminas e outros nutrientes indispensáveis e são uma importante defesa contra a invasão das bactérias patogénicas. Todos os cientistas concordam que a flora intestinal influi, directa ou indirectamente, no estado de saúde dos animais através das seguintes funções: - Produção de vitaminas e de ácidos gordos de cadeia curta. - Degradação de substâncias alimentares não digeridas e melhor aproveitamento do alimento. - Integridade do epitélio intestinal. - Estímulo da resposta imunitária
aumentando a resistência contra as doenças. - Protecção contra os microorganismos enteropatogénicos prevenindo as colbaciloses e salmoneloses, frequentes em ornitofilia.

Quando administrar: Todas as épocas da vida são óptimas para o uso do BIO-SAC, especialmente durante a amamentação das crias (para prevenir a mortalidade e promover um melhor desenvolvimento), após o uso de antibióticos, sulfamidas, desparasitações, vacinações e situações em geral. Segurança no uso: É absolutamente seguro e não tem qualquer contra-indicação ou efeitos colaterais sendo compatível com qualquer produto ou alimento.
Doses e Modo de emprego:
- BIO-SAC (não solúvel) - Humedecer no alimento com DEXTRO-PROPIL, espalhando de seguida uma colher de sopa de BIO-SAC por cada kg misturando.
- BIO-SAC WS (solúvel) – Dissolver na água para beber à razão de uma colher de chá por litro. Pode ser também misturado no alimento.
- BIO-SAC Crómio – Humedecer o alimento com DEXTRO-PROPIL, espalhando de seguida uma colher de sopa (10 g) de BIO-SAC Crómio por cada kg de alimento, misturando.
Apresentação: 100 g e 1 kg.

Alimento para crias de canários Nutri Bird C19

 

Alimento para crias de canários Nutri Bird C19

 

Nutri Bird C 19 é uma ração para crias completo e equilibrado para canários, pássaros exóticos e autóctonos. São granulados com uma composição cientificamente comprovada à base de cereais seleccionados, fruta fresca e um 50 % de alpiste. Completamente absorvíveis, sem desperdícios. Contém Florastimul, uma substância que estimula a flora intestinal e protege dos transtornos intestinais. Se o seu pássaro não está acostumado aos alimentos granulados, a transição a esta nova alimentação deverá ser gradual.

Valores nutritivos indicativos

Proteína bruta  19%, gorduras brutas 16%, cinza bruta  4,5%, celulose bruta 3,5 %, cálcio 0,9%, fósforo 0,6%, metionina 0,45%, sódio 0,2%, magnésio 0,17%, vitamina A 15.000 UI/kg, vitamina D3 1.500 UI/kg, vitamina E 50 mg/kg, vitamina K 1,5 mg/kg, vitamina B1  2 mg/kg, vitamina B2  10 mg/kg, vitamina B3  15,5 mg/kg, vitamina B6 4 mg/kg, vitamina B12 20 µg/kg, vitamina C  30 mg/kg, vitamina PP  40 mg/kg, ácido fólico 0,5 mg/kg, biotina  220 µg/kg, colina 700 mg/kg, lisina 0,95%, treonina  0,78%, triptófano  0,19%, ferro 30 mg/kg, cobre 14  mg/kg, manganésio 85 mg/kg, zinco 100 mg/kg.

Ingredientes

Cereais, sementes (mín. 50 % alpiste), fruta (mín. 5 % fruta fresca), extractos de proteínas vegetais, subprodutos de origem vegetal, açúcares, minerais, L-Lisina, metionina , extr. Yucca schidigera, extr. Tagetes spp., fruto-oligossacarídeos, vitaminas,  oligoelementos.

 

 

 

 

 

 

AD3EC+K

 

Alimento dietético.

Indicações: Complexo vitamínico destinado à compensação da mal-absorção e outros problemas como: problemas de fertilidade, stress fisiológico (gestação/lactação), distrofias musculares, situações de stress (calor excessivo, frio excessivo, mudança de local, vacinações, desparasitações, transporte prolongado), avitaminoses, recuperação após doença, atrasos de crescimento, etc.

Apresentação: Embalagens de 50 cc, 100 cc, 1 L, 5 L e 25 L.

 

Aliproct

Indicações:
O ácido propiónico (propionato de cálcio) e os seus sais têm sido referidos como indispensáveis e amplamente usados na prevenção do desenvolvimento de fungos em todo o tipo de alimentos. Com a suplementação do ácido propiónico nas quantidades suficientes obtêm-se os seguintes efeitos:
- Não há perda de nutrientes
- Não há formação de micotoxinas.
- Reduz no animal a sobrecarga de elevado número de germes e com ele o efeito profilático contra diarreias induzidas por bactérias e fungos.
Modo de emprego:
Preparação das sementes germinadas: 1 colher de chá bem cheia de ALIPROCT por cada kg de sementes, dissolvido na água a usar na germinação.
Papas e outros alimentos: 1 colher de chá rasa de ALIPROCT dissolvida num pouco de água quente, que servirá para humedecer o alimento, ou simplesmente misturado no alimento.
Apresentação: 50 g, 100 g e 1 Kg

 

 

 

Avistress

Indicações
Compensação da mal-absorção. Está indicado nas situações de stress (fadiga, mudança de local, corte d ebico, muda de pena, após vacinações, após desparasitações, alterações bruscas de temperatura, calor excessivo).
Dosagens:
Na água: 2,5 a 5 gr por litro de água.
Apresentação: 100 gr e 1 kg.

 

Broncolis

Indicações:
Broncodilatador e expectorante com acção anti-séptica das vias respiratórias. Promove uma limpeza eficaz das secreções brônquicas, facilitando e melhorando a oxigenação sanguínea. Indicado para melhorar a eficácia respiratória durante as provas desportivas, permitindo um aumento da resistência ao esforço durante as competições. Pode ser usado em conjunto com antimicrobianos para o tratamento das doenças respiratórias onde existe alteração da função mucociliar e produção de muco viscoso.
Dosagem:
Aves canoras e pombos-correio: 1 a 2 c.c por litro de água para bebida. Duração do tratamento: 3 a 5 dias, como coadjuvante no tratamento com antibióticos nas infecções respiratórias.
Apresentação: 30 cc, 50 cc, 100 cc e 200 cc

 

 

Dextro-Propil

Indicações:
A fórmula do DEXTRO-PROPIL foi estudada para permitir que se consiga juntar ao alimento (grãos, granulados, farinados) os produtos e aditivos em pó conseguindo uma mistura homogénea que de outro modo não conseguiria. O DEXTRO-PROPIL, além de ser um molhante, é um produto altamente energético que a ave assimila com rapidez, substituindo totalmente todos os outros suplementos energéticos habituais. É também um protector hepático por acção de cada um dos seus componentes.

Modo de utilização: Juntar ao alimento seco pequenas quantidades até humedecer o suficiente para que as partículas em pó a misturar adiram ao alimento. Pode usar também, somente como suplemento energético, misturando em cada kg de alimento, 1 ou 2 colheres de sopa cheias de DEXTRO-PROPIL.
Apresentação: 1L.

 

Coccimir

Indicações:
Tratamento das coccidioses cecal e intestinal e outros processos entéricos sensíveis à sulfaquinoxalina.
Dosagem: 2 a 2,5 gr por litro de água.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr

 

 

Enroxina

Indicações:
Tratamento e prevenção de Colibaciloses, Clamidioses e Salmoneloses, bem como de infecções causadas por microorganismos sensíveis à enrofloxacina, nomeadamente as que provocam os diversos tipos de infeccções respiratórias e digestivas.
Dosagem: 2,5 a 7,5 c.c. por litro de água de beber.
Apresentação: 30 cc, 50 cc, 100 cc e 200 cc

 

 

Micoresp

Indicações:
Infecções respiratórias provocadas por Mycoplasma e outras bactérias. Esta associação é considerada das mais eficazes contra a Micoplasmose e contra outras bactérias responsáveis pelas infecções respiratórias no pombo correio (estaphilococcus, haemophilus, pasteurellas, klebsiella pneumoniae). Contém a Bromexina que tem uma acção mucolítica, espectorante e antitússica, reforça as defesas do organismo e aumenta a eficácia dos antibióticos.
Dosagem:
Tratamento: 3 a 5 gr por litro de água de bebida. Prevenção: 2 gr por litro de água de bebida.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr

 

Vermizoo

Indicações:
O VERMIZOO é um dos mais activos desparasitantes internos (nematocidas) conhecidos, apto para todas as espécies de aves, especialmente pombos-correio, sendo activo contra a maior parte dos parasitas do intestino, esófago, vias respiratórias e vermes oculares: ascaris, capilaria, singamus tracheae, esofagostomun, heterakis, tricurios, oxispirura, etc.
Dosagem:
Na água: 1 a 2 gr por litro.
No alimento: 2 a 4 gr por kg.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr

 

Tricobacter

Indicações:
Além de esta associação estar especialmente indicada para tratamento de infecções provocadas por Tricomonas, Histomonas, Balantidium, Coccidias está indicada na prevenção e cura de diversos processos infecciosos. Doenças onde é mais usada esta associação:Tricomonoses, Histomonoses, Coccidioses.
Dosagem:
Tratamento: 2,5 a 5 gr; Prevenção: 1 a 1,5 gr.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr
 

 

Tilfur

Indicações:
Indicado em todos os processos infecciosos sensíveis à Tilosina e Furaltadona, em especial nas infecções respiratórias (Micoplasmose, clamidiose, CRD) e processos digestivos.
Dosagem: Tratamento: 5 a 7 gr por litro de água para beber. Prevenção: 2 gr por litro de água para beber.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr

 

Sulfaprime

Indicações:
Esta associação revelou-se como um anti-infeccioso polivalente com o mais elevado espectro de actividade, nomeadamente na prevenção e cura das seguintes infecções: infecções digestivas mistas (por E. Coli, Salmonella e Coccidea); infecções respiratórias; corisa infecciosa; infecções urinárias; outros processos infecciosos por bactérias sensíveis, tais como as pausteureloses, estafilococias, pulorose, etc.
Dosagem:
2,5 a 5 gr por litro de água durante 3 a 5 dias.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr

 

 

Salmocoli

Indicações:
Tratamento e prevenção das infecções digestivas, nomeadamente as provocadas por E. Coli e Salmonelas e outras infecções causadas por bactérias sensíveis, em especial as salmoneloses (tifo e paratifo) e outros processos infecciosos de origem indeterminada.
Dosagem:
Tratamento curativo: 2 a 3 gr por litro de água de bebida. Prevenção: 1 gr por litro de água de bebida.
Apresentação: 30 gr, 50 gr e 100 gr

 

Rehibral

Indicações
Importante para restabelecer o equilíbrio hídrico e electrolítico nas situações de desidratação e épocas quentes. É um importante auxiliar dos antibióticos na
cura de todo o tipo de diarreias.
Dosagens: 1 c.c. (colher de café ou meia colher de chá) por 1 kg de alimento, durante 1 a 7 dias (1 a 3 dias de administração de um modo exclusivo.
Apresentação: 30 cc, 50 cc e 100 cc

Pro-Hepatic

A Metionina é um protector hepático. Tem uma acção protectora da célula hepática sobrecarregada pela mobilização excessiva das gorduras corporais durante o voo. É indispensável à formação da colina e da creatina. ·A Colina é um factor lipotrópico que impede a sobrecarga da gordura no fígado provocada pelo esforço durante o voo. ·O Sorbitol estimula as funções excreto-biliares permitindo uma desintoxicação do fígado e também uma melhor digestão dos lípidos e do alimento em geral. ·A Vitamina E além de ter uma importante acção na fisiologia sexual, de ser um antioxidante que participa na estabilização das gorduras insaturadas, de proteger a vitamina A, impede ainda a degenerescência muscular e a necrose hepática. ·A Niacina joga um papel importante no aproveitamento da energia. PRO-HEPATIC contém portanto as principais substâncias que melhor previnem a intoxicação hepática e promovem a desintoxicação do fígado . PRO-HEPATIC deve ser administrado logo após as provas, após o uso prolongado de antibióticos e na intoxicação hepática.

Dosagens: 1 a 2 c.c. por litro de água por dia e se possível prosseguir o tratamento durante 5 dias seguidos. As doses podem ser aumentadas para o dobro se após as provas não se poderem dispor dos dias adequados.
Apresentação: 30 cc, 50 cc e 100 cc.

Saude

 

Introdução

Os canários, como qualquer ser vivo, estão expostos a doenças; no entanto, se forem bem tratados não são

Especialmente sensíveis a elas. Geralmente as doenças levam mais tempo a evoluir do que a curar. Os canários

Mais velhos e os muito jovens são os que estão mais expostos a doenças na altura da mudança das penas. Mais

Do que em qualquer outro período; deverão evitar-se as correntes de ar e mudanças bruscas de temperatura.

Devem manter-se de preferência a uma temperatura mais baixa e uniforme. Alguns pássaros podem vir a falecer

Por ataque cardíaco, por obesidade, por stress e por grande quantidade de aves num mesmo viveiro.

O pássaro perde a sua vivacidade, fica muito quieto, como que inchado, com as penas abertas e os olhos sem

Brilho. Também uma gordura ou magreza excessivas, o abdómen muito encolhido ou distendido, as penas do

Pescoço sujo ou as narinas a supurar são sintomas certos de doença. Um pássaro doente assenta sempre nas

Duas pernas quando dorme, enquanto um pássaro saudável apenas dormem sobre uma. Se um pássaro estiver a

Dormir sobre as duas pernas, pode considerar-se como um primeiro aviso pois trata-se de um sintoma que

Aparece sempre antes de os outros se manifestarem. Na prática, é muito difícil dizer com segurança qual a

Doença de que o pássaro sofre.

Os pássaros doentes devem ser isolados imediatamente. As gaiolas devem ser lavadas e desinfetadas (de

Preferência com álcool). Os sintomas de cerca de 30 doenças diferentes são mais ou menos os mesmos,

Tornando-se assim difícil a sua definição. O tratamento terá portanto de ser geral. Um pássaro doente deverá ter

Tratamento imediato, mesmo que apenas se notem sintomas insignificantes. O ataque rápido à doença pode

Muitas vezes salvar a sua vida, que em muitos casos 24 horas depois estaria perdida. Um remédio universal

Contra as doenças dos pássaros é o CALOR. O pássaro doente deve ser imediatamente colocado numa gaiola de

Madeira, pequena, com uma placa de vidro na parte da frente. A gaiola pode ser aquecida, por exemplo,

Utilizando uma lâmpada ou uma resistência elétrica. Uma temperatura de 30/35 graus C será a indicada nos

Primeiros 3 dias, baixando-se depois gradualmente. O calor e um preparado antibiótico - Aureomicina ou

Terramicina - são em muitos casos a cura mais fácil. Põe-se na água de beber cerca de 1 cápsula de 50 mg de

Um destes antibióticos para 1/2 litro de água. Repete-se este tratamento durante três dias seguidos, voltando a

Repetir-se passados dois dias, se não houver melhoras. Os antibióticos também podem ser utilizados para

Combater doenças contagiosas. Os pássaros não deverão ter outra água para beber enquanto estiverem sob tratamento. Os pássaros que estão sujeitos a tratamento antibiótico deverão, nesse período, ter um suplemento de

Vitaminas (encontrado em casas especializadas), dado que os antibióticos destroem a flora bacteriológica dos

Intestinos.

COMO RECONHECER SINAIS DE DOENÇA NAS SUAS AVES

Nem sempre é fácil reconhecer quando as nossas aves estão doentes, se bem que, como já demos a entender,

uma ave bem alimentada e cujos preceitos de higiene sejam cumpridos, tenha à partida muito menor

Probabilidade de adoecer. Acontece, porém, como a qualquer ser vivo, por uma razão, aparecer doente. Assim, é

De primordial importância reconhecer precocemente os sintomas ou sinais mais frequentes de certas afeções

Para que possamos atuar rapidamente, administrando o produto mais indicado para cada caso.

Os seguintes sintomas poderão dar indicação de uma doença mais ou menos séria, pelo que em casos mais

Difíceis, aconselha-se a procura de um veterinário.

1. Modificação no aspeto das fezes.

Uma ave doente poderá apresentar:

-Diminuição na quantidade das fezes;

-Modificação na cor dos uratos da urina;

-Aumento da porção de urina (poliúria);

-Diminuição do volume das fezes com aumento dos uratos.

2. Diminuição ou excessivo consumo de alimentos ou água

3. Modificação de atitudes, comportamento ou hábitos

Atividade diminuída, perda de canto, sonolência, falta de resposta aos estímulos.

4. Modificação da aparência e postura

Penas eriçadas, fraqueza, perda do equilíbrio, posição anormal no poleiro, no fundo da gaiola, asas caídas,

Convulsões.

5. Modificação da respiração

Respiração difícil e aparente (a cauda move-se para baixo e para cima); respiração ofegante após esforço;

Alteração na voz; ruídos respiratórios tais como: espirros, estalidos ou silvos, “tosse”.

6. Alteração no peso ou condição física geral

A ave aparenta leveza; uma quilha proeminente, devido a perda de tecido muscular do peito (grave).

7. Inchaços no corpo

8. Feridas ou hemorragia

9. Vómitos ou regurgitação

10. Corrimento nasal (olhos e bico)

Estes são os sinais mais preocupantes, pelo que deverá tomar as medidas adequadas.

-Não dê antibióticos sem saber exatamente as causa;

-Enquanto não consultar um técnico, poderá no máximo dar água morna com café e açúcar;

-Não aguarde para o dia seguinte;

-Consulte o seu veterinário.

11. Outros sintomas menos graves, mas que por serem anormais devem merecer atenção e a procura

das suas razões, são:

-Muda anormal e prolongada das penas;

-Perda de penas ou inchaço à volta dos olhos;

-Falta de força nas patas;

-Patas inchadas;

-Crescimento anormal do bico ou unhas;

-Crostas nas narinas.

Nota importante:

Ao adquirir uma ave, nunca a junte de imediato às que eventualmente já possua. Deve fazer-lhe uma quarentena

(15 dias), administrando-lhe um antisstress e efetuando-lhe uma desparasitação dos vermes.

COMO RECONHECER UMA AVE SAUDÁVEL

-Um pássaro saudável não fica com restos de comida ou sujeira no bico, pés e principalmente nas penas;

-Durante o dia não fica embolado, nem com a cabeça debaixo da asa;

-Fora da época da muda, a plumagem está sempre perfeita;

-Uma ave com boa saúde dificilmente fica parada no mesmo poleiro;

-Quando não estão doentes, os pássaros gostam de tomar banhos, não se importando com a temperatura

Ambiente;

-Pegando uma ave saudável na mão, você não perceberá a ossatura no peito, e a pele do abdómen terá cor

Normal, sem pontos pretos ou arroxeados.

-A respiração é normal e o pássaro sadio não fica ofegante depois de voar;

-As asas são simétricas e descansam naturalmente sobre o corpo;

-Os olhos permanecem sempre abertos e as penas não são arrepiadas;

-É possível perceber a vivacidade de um pássaro sadio; os doentes ficam geralmente amuados e quietos.